28.10.05

Serões e músicas











Desde que chegaram os novos leigos os serões são uma animação! E aqui estamos num concerto U2 Carla&Ricardo em directo e ao vivo...

{ 00:13 } (2) comentário(s)

22.10.05

Sofia&Justine





"O enamoramento não consiste apenas em sentir-se atraído pela outra pessoa, mas também em não poder conceber a vida futura sem a sua companhia; ou seja, não me projecto nessa pessoa, projecto-me com ela."
Enrique Rojas, Uma teoria de Felicidade
Hoje é o dia do casamento da Sofia e do Justine! Uma data muito especial a qual, de alguma forma, também fomos aguardando com expectativa ao longo deste ano. Aqui em Lichinga, é uma animação cheia de memórias de tantos momentos africanos e de imaginação sobre o que estarão a viver em Portugal. Uma participação à distância é certo mas "leigamente" celebrada.

{ 17:07 } (0) comentário(s)

21.10.05

Dia dos Direitos Humanos em África




















Dia dos Direitos Humanos em África. Para comemorar esta data, o Francelino disponibilizou-se para conversar com o grupo de formação da CPN sobre “A liberdade de expressão e censura”. Alguns dos formandos tinham sido seus colegas no Liceu e foi giro ouvir as suas alcunhas e a maneira como se apresentou dizendo que estava ali como amigo. Em certos lugares as palavras não são apenas “bonitinhas” mas têm mesmo significado! Fizemos alguns exercícios, colocando-nos no papel de jornalistas e editores para debater a importância de como se transmitem as mensagens. Os nossos direitos e responsabilidades e, finalmente, como é que tudo aquilo poderia ser transposto para a nossa vivência interpessoal no dia-a-dia. Verdadeiramente um conversar reflectindo. Para rematar e como lhe é próprio, o Frank declamou um poema de Rui Knopfli com a simplicidade de quem tem a poesia na alma.

{ 00:03 } (0) comentário(s)

19.10.05


sol no lago Posted by Picasa

{ 21:16 } (3) comentário(s)

18.10.05

Conversas sobre HIV/SIDA










A caixinha de perguntas sobre o HIV/SIDA estava cheia de questões difíceis. Optei por organizar o inquérito por temas, que iam desde dos mais óbvios como “Formas de Transmissão” até aos verdadeiramente complexos que envolviam problemáticas económicas, culturais, geográficas e espirituais! A Guida e o Sérgio não resistiram em contribuir numa com uma sessão de esclarecimento e lá fomos. No pátio todos estavam atentos. Para que não houvesse grande dispersão ou questões culturais “impossíveis” de responder, tínhamos um programa já seleccionado. A princípio estavam um pouco reservados mas, pouco a pouco, as perguntas começaram a fluir e acabamos por ser surpreendidos com alguém a entregar uma embalagem de preservativos femininos…uma série de risinhos percorreu a assistência. Realmente, informação parece não faltar mas como algum deles dizia: “Será que a mensagem passa?”
Os enfermeiros saíram-se muito bem e foi uma alegria quando a Guida, no regresso a Portugal, comentou que dos três meses que cá passou aquela visita foi dos momentos mais marcantes.

{ 23:57 } (0) comentário(s)

13.10.05

Dia dos Direitos Humanos em África






























Hoje fomos gravar o coro da Comunidade Maria das Dores, da CPN. Estavam todos entusiasmados e eu deliciei-me ao ver o ar de espanto do meu vizinho Sérgio ao ouvi-los cantar. Fantásticos! De facto, é um privilégio escutá-los. A voz, o ritmo, os gestos, a forma tão própria como transmitem a sua emoção através da música. Um momento muito especial.

{ 22:42 } (1) comentário(s)

30.9.05

Niquisse&Lúcia


Resolvi trazer um sabonete para o Niquisse. Quer que o leve até Lichinga para visitar uma cunhada. Quando chego a sua casa diz-me que ela já regressou mas que continua doente. Convida-me para ir visitá-la. Lá vamos. Para quem se arrasta pelo chão desloca-se a uma velocidade impressionante. Gosto deste menino-grande de corpo atrofiado, expressão inteligente e sorriso brilhante. Das primeiras vezes que passeei por Mbemba comentaram o seu mau-feitio, avisando-me que poderia mesmo insultar-me. Resolvi não dar muita importância à imagem transmitida e entre "bons-dias" e "boas-tardes", uma conversa aqui e outra acolá, aqui chegamos! Tenho de ter tempo para, de quualquer maneira, o levar de carro até à cidade... Entre estes pensamentos, estou em casa da Lúcia Francisco. O interior da pequenina palhota é tão escuro que, para além da voz fraca com quem vou conversando, é quase impossível distinguir o vulto que me responde da enxerga. Teve internada em Lichinga, deram-lhe soro mas diz que não sabe qual é a doença, nem tem medicamentos. Queixa-se de dores nas pernas. Enfim, peço-lhe para para se tiver forças se levantar. Concorda. Finalmente à luz, uma cara linda numa silhueta magrinha e frágil, com a pela seca e com feridas. Será que ainda valerá a pena tomar anti-retrovirais, penso...Querem tirar uma fotografia juntos. Seja. Entretanto, a mãma que preparava a chima também corre para ser apanhada pela câmara. Que entusiasmo num cenário de desolação! Sob uma chuva miudinha, vou até ao carro buscar um creme hidratante que trouxe na mala. A Lúcia fica contente enquanto lhe ponho loção nos braços e mãos gretadas. Vou- te mandar um complexo e uma papinha multivitamina, digo-lhe. A encomenda seguiu. Daqui a uma horas parto para Maputo. Será que quando regressar a Lúcia ainda cá estará para a levar ao GATV?

{ 17:48 } (0) comentário(s)